Um dia especial…

… Porque eu peguei a Radial Leste dirigindo pela primeira vez (e dirigi mais do que em toda minha vida);

… Porque eu me bronzeei;

… Porque eu começo aqui uma etapa muito especial;

… Porque comprovei que eu realmente sei muita coisa;

… Porque foi um domingo incrível de 12 horas de gravação do meu primeiro grande curta-metragem  totalmente elaborado, de fio a pavio.  Pouco me importa se isso é interessante para vocês, o fato é que hoje foi a minha primeira grande gravação e eu quero guardar isso pra sempre. E, bem, queridos: as primeiras 12 horas de claquete, gritaria e correria você nunca esquece. Principalmente se você acumular as funções de produtora executiva, diretora de elenco, contra-regra, diretora de cena e acabar dando pitacos na continuidade. Tudo-ao-mesmo-tempo.

Cena 12, take 5.

Cena 12, take 5. Ainda.

Vendo a continuidade e explicando a ação para os atores (e para nosso extra especial, Gravata).

Preocupada. Olha essa cara!

Alías, só suportei essa data ridícula nas fotos porque quero realmente guardar este dia. Além disso, mamãe quem pôs (típico, não?). Mamãe fotografou, ajudou e ainda deu pinta de figurante. Para quem não sabe, ela também é atriz, só que neste curta eu só tinha papéis masculinos, então ela apareceu apenas pra dar uma mãozinha no segundo plano… Muito obrigada, mãe!

O nome do curta? “Destino: sub.; masc.”, em breve no youtube: em teasers e em trailer, com participação especial do meu querido Gravataí Merengue . Aguarde.

ps: Exatamente semana que vem terei mais um dia especialíssimo na minha vida: estréio no teatro profissional, com direito à Guia da Folha e tudomais. Já falei que se sair naquela revista reaça semanal na Veja, eu vou me achar, vou recortar, escanear e mostrar por aí. Dá licença que eu to passando, tsá?! E divulgo tudo aqui, é lógico.

Deixe seu comentário

Comentários

Comentários via Facebook

Comentários via blog

  1. Ah que bacana!!! Parabens pelo primeiro grande curta da sua vida, tomara que venham vários e vários depois desse! E não deixe de avisar quando estará no youtube pra gente ver!
    =**

  2. Que legal, parabéns! Fazer o que se gosta é o máximo, né? Vc nem sente o tempo passar… faz aí a divulgação que eu quero assistir! O curta e a peça!

    Bjão!

  3. [Comment ID #1854 Will Be Quoted Here]
    Então, Mari!
    Eu vou estrear uma peça chamada “Antes que seja tarde”, que são várias sketches teatrais criadas pela minha companhia de teatro e que são baseadas nos princípios da Gestalt. ;)
    Eu vou postar o flyer aqui e falar tuuudo. hihi

  4. ain, fê! fico tão feliz por você porque, é nítido o quanto você se realiza no que faz porque, ama isso! faz parte de você! não é inveja, não! é admiração por uma pessoa que, como a lia, correu atrás do que queria e, alcançou o objetivo, fê! admiro vocês duas pelo fato de que gostaria demais ter escolhido meu caminho quando eu tive a oportunidade (que foi perdida na época mas, deixa abafado mesmo)! sei que, nunca é tarde para se conseguir o que deseja, fê mas, quem sabe um dia?! agora o que tenho de dizer é, vai em frente fê e, a-haza! *.*

  5. Que phyno :O
    Fazer o que a gente quer é uó de bom :)

    Quando estrear a peça divulga pra gente poder ver tb.

    Muitomaissorteatéofimamém!

    Beijos

  6. FêÊ parabéns!! Ta linda com a claquete na mão,tenho certeza q ainda vamos escutar mto sobre vc brasil afora… Mto sucesso p vc, sempre!

  7. Uau…tipo asim…
    PARABENS!
    miinha flor só te desjo uma coisa:
    Tudo de bom nessa vida!
    muito sucesso que vc consiga deslanchar na area que vc ama e luta tanto pra conquistar!
    (não foi uma só coisa, mas ta valendo!) rs

    beijos

  8. Quero ver o resultado final!
    Já participei de uma “gravação de um comercial” quando estava em um curso, fiquei responsável pela maquiagem dos “atores” e pela claquete… Hehehehehehe…

    Kissus

  9. Parabéns pelo primeiro curta da facul Fê.
    Eu lembro da época de faculdade e simplesmente amava todos os trabalhos, curtas que gravei, peças sonoras e por aí vai.
    A Faculdade é uma época mágica e aproveite tudo! e se meta em tudo mesmo, assim vc aprende cada vez mais e o trabalho fica bacana.
    Parabéns mesmo.
    E parabéns tb pela peça profissa! Vc q está nela há mais tempo sabe o quanto é difícil sobreviver apenas disso. Eu to entrando agora e to me virando..heheh
    bjuz e boa sorte sempre.