Sabe aqueeela noite?

o filme que me fez querer casar com Michael Cera, definitivamente.

.

Norah, Nick, playlist.

Sabe aquela noite em que, mesmo enquanto você ainda está nela, já tem certeza de que será inesquecível? Aquela noite que você já sabe que irá lembrar e talvez contar para os seus netos, ou pelo menos rir dela no mês que vem? Uma noite emocionante com um final, assim… Bem, não vou contar!

Essa noite é o tipo da noite mostrada em “Uma noite de amor e música”, tradução sessão-da-tarde-style dada a Nick and Norah’s Infinite Playlist, filme inspirado no livro homônimo de David Levithan, trazendo Michael Cera, o nerd apaixonante de Juno, como Nick, e Kat Dennings, de “O Virgem de 40 anos”, no papel de Norah – é claro.

Extremamente cool, “Nick and Norah’s” tem um humor leve, despretencioso e uma trilha sonora que você vai ter vontade de baixar antes mesmo dos 20 minutos de filme. Além de ter me apresentado a Vampire Weekend, a soundtrack do filme vai do indie à românticas voz e violão, enquanto acompanhamos o herói Nick, um quase loser, porém nice, que vive fazendo mixtapes para sua namorada odiosa que joga tudo no lixo.


a-ex-super-bitch.

Quem acaba ouvindo as tais gravações é sua colega de escola, Norah, que se apaixona pelo cara sem jamais tê-lo visto mais gordo. Para deixar a história do jeito que a gente gosta, Nick tem um excelente gosto musical, é um xuxu de fofo, é chifrado até e ainda tem uma banda. Para se apaixonar de vez, é claro que a namorada é uma patricinha-bitch-sem-coração, que chuta o moço e o deixa prontinho para Norah atacar quando finalmente conhecê-lo. É claro que você vai torcer por eles! E torcer para o Nick se vingar da ex-nojo!

Junte a tudo isso os (ótimos!) integrantes gays da banda de Nick, os “Jerk Offs”, e a amiga bêbada da mocinha, que vai aprontar a noite inteira, se perder por Manhattan e mascar um chiclete dos jeitos mais nojentos possíveis. Para fechar, todo mundo ouve boa música e é fã da banda mais cool do momento, “Where’s Fluffy?”, que só faz secret shows e provoca uma verdadeira comoção nos fãs, fazendo-os se locomoverem pela Big Apple a madrugada inteira atrás da próxima apresentação!


os Jerk Offs em ação!

Eu não tive essa adolescência de ir em showzinhos e tudo mais, mas quem teve vai vibrar loucamente lembrando os “velhos tempos” (nem tão velhos assim!) e rever “altas confusões” que todo mundo passa, já passou por ou fofocou sobre. Só como estímulo final: o filme me deixou tão, tão curiosa que eu passei quase dois meses aguardando para ver os 20 minutos finais! Adivinha só? Eu comecei a assistí-lo no avião, voltando da Europa em janeiro, e é óbvio que não deu tempo de terminar. Daí até a espertinha aqui, que não usa torrent, encontrar o link pra baixar, o tempo foi passando e eu louca pra saber se o final era feliz… 8)

Nick and Norah’s Infinite Playlist é absolutamente adorável, leve e provavelmente o retrato de uma geração recheado de “awns”. Infelizmente, aqui no Brasil, além de terem cagado o título, lançaram o longa direto em DVD no começo do mês. Portanto, aluguem, baixem e assistam comendo pipoca. É delicioso!


ps: como eu realmente quero que vocês vejam, um link para download do filme aqui, e o link para download da trilha sonora aqui. Só para constar: não sou responsável pelo upload destes arquivos, apenas encontrei ambos por aí.
.

Deixe seu comentário

Comentários

Comentários via Facebook

Comentários via blog

  1. Muuuuuuito fofo o filme e muuuuuito fofo o Nick (bem alta fidelidade) e muuuuuuito fofíssimo o Michael Cera!!!

    e Muuuuuuito obrigada pelo link da trilha sonora! hahaha

    kisses! =]

  2. CAraaaaaaaaaaaaaca ! :D
    dASHUDSHSHHSUSDHUDUHDUHDa

    Eu adoro esses filmes água com açucar que envolvem toda trama atrás de uma boa música (só me frustei quando não consegui cantar linger que toca no click :/ a única versão masculina que eu achei, muito foda por sinal, usava tons do michael jackson, ngm merece né?)…

    E eeeeu, como arranhador profssional de guitarra e violão e com a péssima mania de estragar músicas tentando cantá-las com minha voz esgarniçada de pato rouco, não posso deixar de notar que, na grande super grande maioria das bandas, a não ser, hm, Iron Maiden (sim, eu acho o Harris o baixista mais ‘normal’ do meio)… os baixistas sempre são os mais estranhos nerds e bizarros?

    ps: I love.. (titulo maldito). ops .. Voc? precisa aprender a usar torrent =D Não só com o intúito da pirataria e tal, mas pra coisas legais tambe?. Porque você não usa? NET Virtua? Ou preguiça de aprender?

    pps: Títulos legais do gênero:

    August Rush e Music and Lyrics.

    Bjo

  3. afêê.
    o link tah quebrado =//
    procurei na net…mas todos os links tao quebrados tbm.
    assim q achar um link on. eu posto ele aqui. (:

  4. [Comment ID #3433 Will Be Quoted Here]

    puxa, tá quebrado mesmo!
    se você encontrar, me fala. Quando eu baixei, eu peguei sem legenda mesmo, daí como já tem muito blog brasileiro colocando no ar, achei melhor procurar algo com legenda. O foda é que a maioria dos sites tá postando o filme DUBLADO. =/

  5. Eu li o livro, q é fofo! Ganhei do pessoal da Galera Record, e tô louca pra ver o filme, q imagino bem melhor q o livro! Pq eu num lembrava de tds as músicas! rsrs

    Bjus

  6. Ainda bem que vc só quer, pq ele é meu marido (ficticialmente), sabe?! brinks rs. Eu amo o Michael, ele é fofo e lindo. Vou baixar já, estava a procura do dowl mas sem tempo. agora eu baixo. 8D
    bjjjs

  7. aaa tira o olho do Michael, he’s mine! xD
    nossa, ja vi esse filme duas vezes, ele ta comigo no mp4, pra ver na hora que eu mai quero u romance, é meio deprimente iso que eu faço mas relevante… falar no michael voce ja viu um tipo de video blog que ele tem? http://www.clarkandmichael.com nossa, ri muito ja, faz tempo que não é atualizado mas vale muito a pena ver.
    xoxo

  8. Eu assisti por causa de sua indicação. E AMEI AMEI AMEI! Já baixei a trilha sonora e “Boys Don’t Cry” do The Cure já é meu ringtone hahahaha. BRIGADA pela sugestão, que filme fofo!