Em busca dos domingos chuvosos

Scarlett Johansson, “Lost In Translation”

Domingos, sábados ou feriados, mas para ficar perfeito, eles tem de ser chuvosos. Eu não gosto de chuva, pra falar bem a verdade, odeio. Uma chuva é capaz de destruir meu dia, mesmo que eu não me ensope nela. Só que é fato que se eu ganhar um beijo embaixo dela até molhar as meias, vou ganhar o dia. Vai entender.

Dias chuvosos são aqueles dias de filme, em que você se imagina com um short de algodão, uma blusa de malha folgada, bonita e confortável. Trança no cabelo e um chá quentinho na caneca. Um bom livro, uma rede, uma poltrona, um sofá e pensar na vida. Ou então uma folha de canson A3, um ipod recheado e muitos lápis para desenhar, porque em domingos chuvosos todo mundo desenha bem.

Também é dia de comer bolinhos de chuva, de comer pipoca em baixo do edredom, de ficar acordada, acompanhada, sem sair da cama e estar muito feliz por isso. É dia de dar uma olhada em fotos antigas, naquela caixa do guarda-roupa e quem sabe aproveitar pra fazer uma faxina rápida nas gavetas.

Dá pra pegar uma reprise do programa favorito, ver uma pancada de DVDs, assar um bolo que demore horas para ficar pronto, fazer uma sopa deliciosa e nada light ou pedir sushi pelo telefone, porque está chovendo, é claro. É um bom dia pra cuidar da sua hortinha caseira, ou de começar uma. Ou de plantar um pézinho de feijão com o seu melhor amigo menor de dez anos.

Os dias sagrados e chuvosos são quase como feriados, mas que infelizmente terminam em segunda-feira, porque tudo que é bom dura pouco, e o que é muito bom, menos ainda.

Domingos chuvosos, na verdade, podem cair até em dias úteis. Só sei que preciso encontrar os domingos chuvosos nos dias ensolarados mais vezes. Quero essa calmaria de ficar quieta fazendo tudo ou nada, esse primetime. Essa paz.  Tô querendo.

(E se aqui fosse frio o suficiente e só chovesse congelado, eu também faria anjinhos na neve.)

Deixe seu comentário

Comentários

Comentários via Facebook

Comentários via blog

  1. que texto lindo fê, parabéns!
    hoje em dia precisamos cada vez mais desses momentos “nossos”, fora da correria da rotina, das baladas…tipo a alegria nas coisinhas simples!

  2. Nossa… que saudade disto tudo!
    Amo o verão e suas possibilidades (praia, piscina, picolé, suco gelado, saladinha…), mas sinto muita falta dos dias chuvosos, daqueles que a gente não tem compromisso algum. O compromisso é conosco.

    Adorei o texto! Deu-me uma nostalgia…

    Beijos, bom findi chuvoso! :**

  3. Eu também estou querendo Domingos chuvosos… mas tem que ser fiozinho, tipo 20 graus, pois assim ficam mais gostosos!

    O Dia de hoje seria um perfeito Domingo Chuvoso se eu não estivesse na Agência. =/
    Beijos

  4. O pior, da calmaria de um domingo chuvoso, é a perspectiva de uma segunda-feira chuvosa nada calma. Com trabalho e aula. aheuhaeuhea
    Me identifiquei muito com sua descrição!

  5. Tradicionalmente, eu detesto chuva! Mas quando eu não tenho absolutamente nada pra fazer e ela não vem acompanhada de trovões, eu até gosto! Agora com a companhia do namorado, é melhor ainda!

    Beijos;*

  6. Adoro dias de chuva desde que eu não tenha que sair de casa. Acho que nem o melhor abraço do mundo tira meu mau humor de me molhar na chuva. Tenho nojo da água e me irrita profundamente molhar a barra da calça!

    Mas se for pra ficar em casa… Nossa, nada melhor. Se nevasse eu não me irritaria e sairia, faria boneco de neve, anjinho e guerra de bolas!

    Bjo

    PS: Lost in Translation é meu filme parado preferido!