O lado negro do american dream em “Blue Jeans”

Lana Del Rey e seu bad boy favorito

Apesar de ter estourado com os clipes (supostamente) caseiros de “Video Games” e “Blue Jeans”, Lana Del Rey largou dessa pra melhor e lançou um vídeo lindo e muito mais interessante para a música sobre o cara de jeans e camisa branca, ainda a minha favorita.

O clima é o antiguinho de sempre, o namorado dela é o bad boy de “Born To Die”, agora com uma piscina cheia de jacarés, e essa fotografia torna tudo mais interessante, fora a versão da música, que acelera mais no clímax da história toda.

O clipe de “Blue Jeans” continua na onda de mostrar o lado negro do sonho americano e eu confesso que gosto dessa forma de colocar a gatinha indie no mainstream mostrando coisas e cantando coisas que as outras ignoram, como morte e amor incondicional. Dá o play:


.

Taí um clipe pra te deixar pensando – só tem que ver se a Lana vai morrer em todos os vídeos, né? Tomara que não.

.

Deixe seu comentário

Comentários

Comentários via Facebook

Comentários via blog

  1. Achei o clipe muiiiito foda, mas não acho que ela seja a “gatinha indie”. Ela estava procurando um jeito de entrar no mainstream e só achou uma fórmula de sucesso. Não tem nada de revolucionário nela, só é estilosa.

    1. [Comment ID #13008 Will Be Quoted Here]

      por “gatinha indie” eu quis dizer o estilo “gatinha indie”! hahaha
      A única coisa mais indie dela de início foi a estratégia dos clipes toscos, mas foi tudo muito bem pensado para gerar buzz e pegar os hipsters de jeito, até eles passarem a mensagem adiante… rs

  2. Ahh tá, captei errado o contexto do ‘garota indie’, my bad. ;P Romeu e Julieta feelings, fazem falta as vezes!