Mulheres passam 26 anos da vida num “bad hair day”

(ilustração genial daqui!)

Uma pesquisa realizada em março pelo jornal britânico Daily Mail confirmou o que todas nós sabíamos: um bad hair day pode ser tão ruim quanto uma TPM. Ou até pior.

O estudo sobre os dias de cabelo ruim levou em conta duas mil mulheres britânicas, que disseram sentir os fios rebeldes até três vezes por semana.

Considerando a vida útil do cabelo até uns 60 e poucos anos, o resultado é que passamos 26 anos da nossa vida achando que o mundo vai acabar porque o cabelo não para aonde a gente quer. Se considerarmos o período de um ano, dos 365 dias, 156 serão de cabelo meleca. Ou seja: mais de CINCO meses por ano se vão assim, no mau humor por conta do cabelo. É mole? :/

Falando em mau humor, a pesquisa foi mais além e perguntou como as mulheres reagem ao desconforto do bad hair day, a ver:

– 13% tentam passar o dia de chapéu para disfarçar e 8% capricham mais na maquiagem;
– 33% odiariam que os colegas de trabalho as vissem desse jeito;
pouco mais de 5% das garotas faltaram ao trabalho dizendo que estavam doentes;
– 8% receberam advertências no trabalho por conta do mau humor;
– 14% perderam a paciência com os filhos;
– 12% descontaram o mau humor nos parceiros e acabaram brigando;
– 5% simplesmente tomaram um fora no fatídico dia do cabelo ruim.

Por outro lado, a pesquisa confirma que quando o cabelo está incrível, 67% das mulheres têm um dia melhor. E aí, alguém duvida que isso é pior que TPM? :O #tragédia! hahaha

.

Deixe seu comentário

Comentários

Comentários via Facebook

Comentários via blog

  1. Olá!
    Bom, entendo como é horrível mesmo um bad hair day, mas olha… tenho que dizer que agora eu raramente tenho um, viu!
    Desde que meus cabelos começaram a ficar rebeldes quando passou a fase de “cabelo bom de criança” até a solução acho que foram só uns 10 anos.
    E ainda não cheguei aos 26, LOL… de fato, meus bad hair days acabaram com uns 20 anos, quando comecei a fazer escova progressiva! Meu cabelo é bem chatinho de se trabalhar, segundo minha cabelereira do bairro, a quem sou fiel a vida inteira e que conhece muito bem meu cabelo… E isso faz com que o processo seja um pouco mais caro, mas ele aguenta uns 10 meses com a progressiva!
    E já faz mais de anos que meu sentimento com meus cabelos é amor, amor, amor! Hahahaha Quando me olho no espelho, geralmente digo “cabelo, te amo!” LOL

    Fica aqui meu testemunho para todas as mulheres atormentadas pelo bad hair day: sejam persistentes e tenham pensamento positivo… Conheçam bem seus fios e saibam o que querem, pra talvez até procurar um tratamento químico que vai te fazer feliz! (no meu caso, sempre quis ter cabelos lisos. No momento eles não estão “lambidos” e o efeito está bem natural. Tenho aqueles frizz, mas eu simplesmente amo meus cabelos mesmo assim! Realmente não me incomodam!!!)

    Uma vida de bem com o cabelo é possível! =)

  2. E aí vem a(s) pergunta(s), por que a gente é tão escrava da beleza? Por que a gente se importa tanto? Será que é por causa da gente ou é por causa dos outros, do que os outros vão pensar? Fico chocada com essas coisas…