“50 Tons de Cinza”: fãs inventam trailers e gravam cena do livro

taí o casal de “50 Tons de Cinza” num curta alternativo! Que tal?

Enquanto não se sabe quem serão os atores da adaptação  “50 Tons de Cinza” para o cinema, os fãs simplesmente não param! Numa busca rápida pelo Youtube, encontramos mil e um vídeos sobre o assunto. Além de trailers inventados pelos ávidos leitores do romance porn, já encontrei até curta-metragem super bem feito mostrando uma parte do livro.

“50 Tons”: BDSM na cultura pop e a gente finalmente falando sobre sexo

e aí gatinha? Curtiu?

Finalmente acabei de ler “50 Tons de Cinza”. Demorei, mas confesso que foi um conjunto de enrolação com a tentativa de terminar perto do lançamento do segundo livro, que chega às lojas nos próximos dias. Afinal se a obra já é “enrolona”, para que sofrer esperando a segunda parte, não é mesmo?

10 questionamentos de quem está lendo “50 Tons de Cinza”

Ah tá!

O best-seller “50 Tons de Cinza está dominando muita conversa de bar e café por aí e, enfim, eu mesma não me contive em ir soltando comentários de amor e ódio sobre o livro nas redes sociais. Já recebi mil e uma perguntas do tipo “cê tá amando ou odiando?” e eu sinceramente não sei, só sei que estou presa à leitura e resolvi escrever esse post.

Seu twitt vale um livro

troquei meu twit pelo livro “Now Playing”, de Shellie Zacharia, recomendado na revista “Nylon”

A editora independente Keyhole teve uma ideia genial: em tempos de twitts pagos, por que não vender e-books em troca de publicidade no Twitter?

“Feios”: quanto vale ser igual a todo mundo?

futurologia e crítica à sociedade com ar moderninho

Imagine que nossa sociedade chegue ao tal colapso tantas vezes já previsto por obras de ficção. Nosso modo de consumo e de produção se esgota, nossas fontes de energia e sua escassez limam as condições básicas de existência e uma nova geração surge, extremamente regrada, com modelos e objetivos de vida bastante rígidos e restritos.  Tudo  isso, é claro, regido por uma instituição invisível.