Romance na telona sexta-feira: “Querido John”

Channing Tatum, Amanda Seyfried e um beijo daqueles

“Querido John” estreia nesta sexta-feira (amanhã!) e promete abalar os corações das mocinhas desprevenidas. Isso porque seu roteiro é adaptado do livro homônimo escrito por Nicholas Sparks, autor de outra história de sucesso levada às telonas, “Diário de Uma Paixão”. E, bem, o protagonista é lindo.

Literatura: modos de usar

A fotógrafa Lissy Elle criou um ensaio chamado “Get Back To Your Book” em que ela interpreta diversos personagens dos livros sendo “engolidos” de volta para o seu universo:
.

ALICE, “Alice no País das Maravilhas”

Não digo adeus, guardo comigo.

e não vou reler “Alice…”.

Não sou tão apegada a ambientes, pessoas ou fases. Às vezes penso que quando tiver de passar vai passar e foi assim com formatura de escola e faculdade, já que ambas só me emocionaram no último segundo possível.

Dica para quem curte, mas não completou a saga “Crepúsculo”…

… Se você não leu todos os livros, ou simplesmente não completou esta pequena coleção, a dica é pra você:
.


.

A Visa e o Wallmart estão com uma promoção super bacana: quando a comunidade do “Juntos Pelo Desconto Visa” no Orkut chegar a 3.000 (três mil!) membros, o preço do livro no site do Wallmart cai de R$39,80 para R$19,80 e aí é só correr para garantir o seu, pois os estoques são limitados!

Procura-se um amor… Que goste de ler!

Ainda na vibe do dia do beijo, que tal um site de encontros que funciona só a base de…. Livros?

Bom para os amantes da literatura, o Alikewise cruza as pessoas justamente por seus gostos de leitura. Não sei como funciona, nem vou me cadastrar porque já tenho meu cobertor de orelha (he!), mas parece uma boa ideia pra encontrar gente que pense bastante parecido com você, ao contrário dos sites tradicionais de relacionamento, que te deixam buscar a pessoa por forma física e até por faixa salarial (!).

Hot Hot, Squat, 201 Dinner, o “causo” HP, finanças pessoais, Benefit e flores! – Imagens da(s) Semana(s)

Adivinha quem voltou, finalmente? Sim, o “Imagens…”. Confesso que demorei horrores, mas a preguiça me acometeu – e o esquecimento da câmera em casa também, principalmente quando andei tendo tantos problemas com pilhas recarregáveis. Se cabe aqui um conselhão, nunca compre câmeras pequenas que não tenham baterias próprias. Como eu ganhei, não posso reclamar, mas se for comprar, pense duas vezes, porque simplesmente não vale a pena!

Agora, vamos lá, rápido e rasteiro, porque é muita foto e eu tenho várias coisas pra falar de todo esse tempo! Semana que vem a tag tá de volta – e quem ler esse post até o final ganha um cookie! 8)

HOT HOT

@Hot_Hot_

Destaque para o drink gigante da casa, com um picolé Rochinha de uva mergulhado! (mais fotos no flickr)

A Hot Hot é uma balada inaugurada no final do ano passado no centro de São Paulo. Eletrônico modernete, decoração kitsch, gente elegante, sincera e clima de azaração promovido pela galera que resolveu desviar da Vila Olímpia e parar no centro mesmo. O destaque da casa, para mim, não é nem para a possibilidade de comprar seu convite antes (você compra pela internet e não pega fila!), mas sim para o fato de você carregar um cartão e ir gastando a quantia durante a noite. Ou seja, quando te dá na telha ir embora, você simplesmente vira as costas e vai. Sem fila e sem ter de aguentar dor no pé do seu salto porque o bêbado da frente esqueceu a senha do cartão.

Outro ponto mega positivo de lá é que a chapelaria é barata e são armarinhos com chave. Você dança à vonts com a chave e se quiser voltar pra retocar a maquiagem, é só ir lá, abrir, passar seu gloss de novo e voltar pra pista. Nada de encheção de saco porque não pode pedir a bolsa de volta. Finalmente uma balada que pensou no nosso bem estar e ainda tem um sistema de som sensacional. Me joguei como há muito tempo não me jogava! Recomendadíssima!

Leia mais