Lana Del Rey vira trilha sonora para um cafezinho

Aparentemente, os apreciadores de café gostam de George Clooney e curtem ouvir o som de Lana Del Rey. Pelo menos é assim que a Nespresso pensa:

O novo comercial da marca traz a música “Blue Jeans” na trilha sonora, mas de nada de Clooney, o garoto-propaganda oficial do café. rs Se tivesse Lana + Clooney, aí sim eu e todas as mulheres do mundo seríamos o target perfeito. Mas ok, precisa ter a moça aí de toalha senão não vende para os rapazes. rsrs

Aliás, falando em Lana, depois de dar pinta em Cannes, há mil e um boatos sobre convites para que a musinha vire atriz de cinema. Eu não duvidaria. Como bem disse o dono da produtora Mirimax: “as câmeras a amam”.

.

Manguinha de café grifada para tomar um café qualquer

Depois da “camiseta suja” criada por Alexander Wang para a Starbucks, a grife Jimmy Choo coloca à venda cup sleeves pela “bagatela” de US$165.

Ao contrário de uma camiseta suja, aparentemente inútil, a manguinha serve para que os clientes não queimem suas mãozinhas ao pegar o capuccino pelando na cafeteria. Só que, justamente por ser um item importante, geralmente ela é distribuída gratuitamente, especialmente se o café em questão for do Starbucks, um dos estabelecimentos que usa esse formato de copo.

que tal pagar por um café melhor e não por uma bobagem?

As cup sleeves de rica estão à venda no Net-A-Porter e não, eu não recomendo que você compre. Porque: 1- vai que você esquece a manguinha de fucking R$300 colocada no copo e joga tudo no lixo e 2- qual o motivo de pagar tão caro por um produto que não é o principal da história? Não é melhor pagar para tomar um café mais interessante ou de um grão diferente do que desfilar um copo de plástico pimpado?

Se aqui no Brasil isso já seria um pouco estúpido, imagina no exterior, onde cafeterias como o Starbucks são uma espécie de fast-food do mundo do café? Eu que sou apaixonada por esse elixir não consigo entender a necessidade desse “produtinho”, não.

Camiseta suja do Alexander Wang por $85

você pagaria US$85 por uma camiseta suja de café?

Em comemoração aos 40 anos de Starbucks, a “grife” de café mais amada do mundo resolveu chamar alguns nomes grifados para desenhar camisetas que representem o espírito da cafeteria e do amor pelo café.

Alexander Wang, Billy Reid e Sophie Theallet fizeram peças com manchas e desenhos, todas à venda por US$85 na Nordstrom ou na própria loja online de bugigangas do Starbucks.

a camiseta de Sophie Theallet, com detalhe nas costas

a camiseta básica de Billy Reid

Enquanto Reid e Theallet apostaram em algo mais estilizado para representar a marca, Wang foi direto e reto: que tal uma bela de uma mancha de café no peito? Voilá. Em entrevista, ele disse que se inspirou justamente no fato de ser “tudo o que a gente tenta evitar quando toma café”, mas até aí, quem vai pagar pra adquirir esse acidente?

Nenhuma das camisetas é supergenial, e por mim nenhuma vale esse preço, mas parte da renda será revertida para a CFDA/Vogue Fashion Fund e dá uma forcinha pra quem quer ajudar.

Só quero ver agora quem vai andar com camiseta suja de café só para falar que tem uma peça Alexander Wang no armário. Alguém duvida que essa é a peça (controversa) que vai vender mais da coleção?  tsc tsc