O Estranho que nós amamos: crítica sem spoilers do novo filme da Sofia Coppola!

Após quatro anos desde o lançamento de “Bling Ring”, a diretora Sofia Coppola está de volta à tela grande. “O Estranho que Nós Amamos” é uma nova adaptação do livro de Thomas Cullinam, que já tinha ganhado uma versão para o cinema em 1971, com Clint Eastwood num dos papeis principais. O filme se passa durante a Guerra Civil americana e mostra o que acontece quando um grupo de mulheres que vive num internato isolado resolve oferecer abrigo para um soldado inimigo machucado.

A diretora Sofia Coppola e parte do elenco no tapete vermelho em Cannes

Dicas de cinema: 5 filmes recentes para chorar muito e lavar a alma!

Em homenagem ao longo e demorado mês de Agosto, fiz uma listinha de bons dramas lançados entre 2016 e 2017 e que vão te ajudar a lavar a alma! São filmes como: “La La Land”, “O Quarto de Jack”, “Uma Família de 2”, “Lion” e mais!

Dá o play e separa o lenço! Aproveita e se inscreve no canal  para receber os vídeos primeiro!

Como seriam vídeos de receitas feitos por diretores como Tarantino e Wes Anderson?

Se você assistiu “O Grande Hotel Budapeste”, certamente em algum momento ficou com desejos açucarados por toda a confeitaria que aparece no filme – e que é mostrada tão lindamente! Agora já parou para imaginar como seria um vídeo de receita dirigido ao estilo do diretor Wes Anderson? Todo centralizado, com aquela paleta de cores cuidadosa e uma trilha sonora agradável? Ok, aposto que você nunca imaginou nada disso, mas o videomaker David Ma sim!

O mundinho “Black Mirror” do filme “O Círculo” e as séries canceladas pelo Netflix

Fazendo um compiladão dos vídeos da semana, hoje trago a crítica do filme “O Círculo” e também um papo sobre porque a Netflix está cancelando diversas séries de uma vez. No filme, acompanhamos a jornada de uma jovem profissional tentando crescer na carreira dentro de uma empresa gigante do ramo da tecnologia e comunicação e as implicações que o fim da privacidade pode trazer para quem topa esse acordo de compartilhar tudo (ou quase).

A ideia é boa, de fato, mas o que se vê no filme com Emma Watson e Tom Hanks é uma mistura nauseante de “Black Mirror” com “Malhação”: um roteiro leve e tão ingênuo quanto ir correr ali e tomar um suco no Gigabyte. Por outro lado, o filme acerta na mosca ao criticar o ambiente de trabalho desse tipo de empresa e suas ocasiões sociais infinitas, que sugam o que ainda há de vida lá fora de profissionais sobrecarregados.

Veja a crítica para entender:

7 filmes para fazer maratona no Netflix com o mozão!

O amor está no ar e nada melhor que um bom Netflix and chill para animar as comemorações de dia dos namorados! Para não ficar pasmando em frente ao menu do Netflix, hoje trago dicas de 7 filmes sobre amor (ou com casais) para diferentes tipos de relacionamento – tem para quem ama uma comédia e tem também para os modernosos. Atenção para o “500 dias com ela” da thumbnail meramente ilustrativo: se algum dia já curti ou recomendei esse filme, cês me desculpem. hahaha

Aproveita e se inscreve no canal  para receber os vídeos primeiro!

Mulher-Maravilha: o filme que a gente queria e precisava!

Depois de mais de 70 anos, finalmente a Mulher-Maravilha ganha seu próprio filme e com todo o cuidado e respeito que a heroína merece. Apesar dos erros anteriores na adaptação dos quadrinhos para a tela grande, a DC acertou bonito com Diana Prince e o resultado está arrasando não só na crítica, mas também na bilheteria, fazendo história e abrindo espaço para mais representatividade!

Eu estava TÃO ansiosa e gostei tanto que já assisti ao filme duas vezes! No vídeo de hoje, trago a crítica com comentários sem spoilers! Um brinde a Gal Gadot, Chris Pine e, principalmente, à diretora Patty Jenkins!

Aproveita e se inscreve no canal  para receber os vídeos primeiro!