“Solteiros Com Filhos” e outras formas de amor


você conseguiria escolher só dois entre “love, kids e happiness”?

O casamento dos seus melhores amigos é um inferno. Você solteirona e seu melhor amigo solteirão querem ser mamãe e papai e sabem que não conheceram até hoje ninguém com curriculum suficiente para dividir a guarda de uma criança. Taí a trama de “Solteiros Com Filhos”.

Com a superhot Megan Fox e as ótimas Kristen Wiig e Maya Rudolph do divertido “Missão: Madrinha de Casamento” como coadjuvantes, o filme conta a história de Julie (Jennifer Westfeldt) e Jason (Adam Scott), dois amigos que, sem pensar muito, resolvem ter um filho juntos porque parece este ser o melhor jeito de criar um filho  sem ter de perder tempo com um casamento infeliz.

10 filmes da adolescência nos anos 2000

Você se lembra de nomes como Freddie Prinze Jr., Tara Reid, Rachel Leigh Cook,  Josh Hartnett, Melissa Joan Hart, Jason Biggs e Ryan Philippe? Se você tem uns 20 e poucos anos, claro que sim! Eles eram nossos ídolos dos filmes super divertidos feitos especialmente para o público jovem.

Alguns destes atores se deram muito bem apenas no final dos anos 1990 e início dos anos 2000 e nunca mais voltaram ao topo, mas outros conseguiram ali alguns papeis coadjuvantes e foram se tornando grandes aos poucos, caso de Drew Barrymore, Reese Whiterspoon, Joseph Gordon-Levitt, James Franco e de Heath Ledger (que saudade!).

Depois de pegar uma sessão de “Fica Comigo” dublada passando no Megapix, parei pra pensar na quantidade de fillmes do gênero que eram produzidos antes.

Sessão para o fim de semana: “A Pele Que Habito”

“A Pele Que Habito” é o novo filme de Pedro Almodóvar que já está em cartaz nos cinemas. A estreia foi tímida na semana passada, mas agora o filme já está nas principais salas da cidade e vale a pena pegar uma sessão no fim de semana.

Assisti na terça-feira e não quero dar detalhes nem escrever sobre porque o pouco que li, atrapalhou a surpresa da história. Mas apenas digo: é surpreendente. Ao contrário de alguns comentários por aí, para mim o filme é extremamente Almodóvar sim, a diferença é que agora os questionamentos típicos da obra do diretor acontecem em meio a um contexto quase que surreal, algo sim que é pouco usual para ele.

No longa baseado no livro “Tarântula” de Thierry Jonquet, Antônio Banderas interpreta Robert, um médico viúvo obcecado por criar uma pele perfeita para os humanos, um tecido que não seja picado por insetos nem sofra queimaduras. A cobaia do doutor é vivida muito bem por Elena Alaya, atriz espanhola que já trabalhou com o diretor em “Fale Com Ela”.

“Amizade Colorida”: sexo na sessão da tarde

Kunis e Timberlake em “Amizade Colorida”

“Amizade Colorida” é um daqueles filmes que capricha muito mais no lançamento do que na produção em si, especialmente pelo casal de atores protagonistas escolhidos a dedo pra causar bastante fora da tela. Acho que esse fenômeno pode ser lembrado pelo lançamento + buchicho de romance que empacotou muito bem a ação sensual de “Sr. e Sra. Smith”.

A história do Elmo

o fofo documentário “Being Elmo”

No próximo dia 21 estreia nos Estados Unidos o documentário “Being Elmo”, um dos mais comentados durante o Festival de Sundance. Narrado pela tiazona Whoopi Goldberg, o filme conta a história do personagem mais fofinho da série “Sesame Street” e explica como ele se tornou o que é hoje quando começou a ser manipulado pelo ator Kevin Clash.