[Vídeo] 25 coisas que todo mundo ama e eu odeio

Uma das tags mais famosas do Youtube é a “50 fatos sobre mim”. Estou decidida a entrar para o clube dos que responderam, mas antes disso resolvi gravar sobre as coisas que me incomodam, ou melhor: que muita gente ama e eu odeio.

São 25 coisas relativamente populares que eu simplesmente não tolero e que, às vezes, fazem eu me sentir a_incompreendida. Não me matem depois desse vídeo, ok? São desabafos sinceros! kkk

Para assistir tudo antes de chegar aqui no blog, passa lá no canal para se inscrever! ;)

“Unbreakable Kimmy” e os conselhos da série que você pode seguir

Vide “às quartas-feiras nós usamos rosa”, sabemos que Tina Fey não decepciona com seus textos ácidos, sinceros e recheados de referências. O público de “Meninas Malvadas” cresceu (ok, nem todas) e a nova série da comediante para o Netflix parece ter sido talhada para as órfãs do texto de 11 anos atrás que ainda é meme na internet.

mean

Inesquecível Cady fazendo check-in no lixo <3

A primeira temporada de “Unbreakable Kimmy Schmidt” já está disponível e é perfeita para assistir onde quer que seja. Os episódios são rápidos e diretos, não chegam a 30 minutos de duração, e são ótimos companheiros para relaxar antes de dormir ou se divertir durante uma sessão de aeróbico sem graça na academia.  

kimmy

Titus e Kimmy, dupla inseparável de “Unbreakable”

Kimmy (Ellie Kemper) é uma caipira prestes a completar 30 anos que tem de superar o atraso de vida que foi ter passado os últimos 15 anos sequestrada num “bunker” por um pastor maníaco que dizia que o mundo lá fora tinha acabado. Surpresa: tudo continuou funcionando normalmente e ela decide ir morar justamente em Nova York depois do resgate.

Apesar de não entender muito (quase nada) das pequenas coisas ao seu redor, Kimmy não falha em ver o todo e tem um otimismo inabalável. Ela sempre tem bons conselhos e com certeza era quem segurava as pontas da galerinha no confinamento.

Você não foi sequestrada e com certeza sabe o que é um smartphone, mas acredite: tem muita coisa que dá para aproveitar.

Os bons conselhos de Kimmy Schmidt:

goodvibeskimmy

GOOD VIBES ONLY

dá para aguentar 10 segundos de qualquer coisa

10segundoskimmy

“10 segundos por vez e tudo vai ficar bem”

Sabe aquele conselho de contar até 10 antes de explodir? Pois ele funciona não só para os momentos de raiva. Você pode aguentar 10 segundos daquela reunião chata, da aula sem fim,  da vontade de comer um doce exagerado e até mesmo do exercício físico que parece que não acaba nunca. Quando os 10 segundos se passarem, comece a contar de novo e segure as pontas. No mínimo, você mantém a cabeça ocupada e não desiste por qualquer bobagem passageira. 

Leia mais

Gisele Bündchen: 13 razões para sentir falta dela na passarela

Com os tradicionais cabelos ondulados e longos, uma foto própria estampada do peito, jeans e camiseta branca, Gisele Bündchen encerrou sua longa jornada de desfiles no show da Colcci para o verão 2016 em São Paulo. É claro que GisBün sempre pode fazer o Schumacher e voltar para a passarela se der na telha, mas pelo choro que se viu no último desfile, parece mesmo que não vamos vê-la neste tipo de trabalho de novo tão cedo.

Já tive algumas oportunidades de vê-la e ouví-la ao vivo e de pertinho, assim como de assistí-la desfilando pessoalmente, num dos meus primeiros SPFW. Gisele é, assim, carismática e leve, mas choca ao assumir uma nova persona para atravessear a passarela. Tarefa assim tão simples, andar daqui até ali, mas tão poderosa.

A video posted by Fernanda Pineda (@loverox) on

.

Enquanto ela caminhava pela última vez aos olhos de todos, o snapchat (segue lá: feepineda!) e o Instagram bombavam com chororôs de saudades da mais importante modelo brasileira. Em ritmo de festa, o post de hoje é só para pagar um pau para essa gaúcha que recomenda que todos tomem muita água para ficar belos, mas que também é viciada naquelas ampolinhas de cabelo lá da farmácia que a gente também usa. Porque ela merece.

13 razões para ter saudades de Gisele na passarela:
.

1. porque nem todo Pokémon evolui assim:

pokemon1

pokemon2

Leia mais

Os 26 passos para emagrecer, com Homer Simpson

Nosso corpo odeia mudanças, nosso corpo adora armazenar gordura e é da natureza querer que a gente encha a pança e passe o resto do dia dormindo. Nossa genética não é programada para ser atleta 0% gordura – e não sou eu que estou dizendo isso. O Dr. Dráuzio Varella explica bem isso aqui.

Mas… Se mexer e comer bem é questão de saúde, afinal na natureza nossos ancestrais também não encontravam bolachinhas e donuts recheados à vonts. Não é fácil, não é gostoso, dá uma preguiça do cão e todos temos coisas melhores para fazer – mas é imprescindível.

Por isso mesmo, agora abro a roda para outro figurão nos ajudar com a lição de casa: Homer Simpson. Acredite: esse monte de imagens prova que ele poderia ser facilmente nosso muso fitness, só faltou dedicação! :P

26 passos para mudar de hábitos e emagrecer:
.

1. Então você quer mudar de vida?

homer1

 

Leia mais

TAG: Minha história em 10 músicas

Eu ouço muita coisa, mas sempre acho que não sou apegada a essa ou àquela música. Tenho alguns artistas favoritos, mas no geral não sou extremamente apegada, então é comum minhas paixonites irem e virem – tipo, bye, Lana Del Rey, olá, Haim!

Por isso, achei que seria um bom desafio fazer a tag “Minha História em 10 Músicas”. Roubei lá do Chat-feminino e quebrei a cabeça para responder! Peço agora a pausa para uma #musicfriday! ;)

1. uma música que te lembre um momento bom

“Walk On The Wild Side”, Lou Reed. Tocou numa volta de balada da faculdade e, devido aos acontecimentos da noite, se tornou inesquecível junto com a sensação boa de liberdade da madrugada. Não esqueço daquela turma de gente que nunca mais vi cantando emocionada, em uníssono. Sweet.

2. uma música que defina sua vida

“Take a Bow”, Madonna. Tirando a parte do amor, que é a que menos importa, todo o drama é real para mim e essa é daquelas que eu canto com emoção no karaokê para o sono de todos os presentes.

3. uma música que te faz dançar na balada

“212”, Azealia Banks. Eita música boa: maximal, acelerada, estridente e ainda alguns DJs raros tocam de vez em quando. Eu goxxxto. E Azealia fez coisas boas depois, mas mais nada me causou o mesmo encanto que essa aí.

4. uma música tema de algum relacionamento

“Pumped Up Kicks”, Foster The People. Se eu não sou muito apegada, é claro que não ia ter uma super música marcante. Mas eis que esse megahit do Foster foi aos poucos se tornando a minha música com o Rafa. E é hilário, porque já tínhamos mais de ano de namoro quando a música foi lançada e ela não fala absolutamente nada sobre amor. rs

5. uma música que te faz chorar

“Ride”, Lana Del Rey. Chorar é modo de dizer, né? rs Bem, quase rolou um empate técnico com “Someone Like You”, da Adele, mas prefiro a ~sofrência~ existencialista neste quesito. “Ride” ainda tem esse instrumental incrível que você pode gostar mesmo se achar a Laninha uma chata.

6. uma música que seria toque do seu celular

“You Sexy Thing”, Hot Chocolate. SIMPLESMENTE PORQUE SERIA FANTÁSTICO O CELULAR BERRANDO SEXY THING, TEM UMA LIGAÇÃO PARA VOCÊ. E essa música é demais.

Leia mais

10 ideias para economizar sem deixar a vida chata

As férias estão comprometidas com o preço do dólar, as compras nos sites estrangeiros idem e sua conta de luz também agradece se você economizar. A de água, então, nem se fala.

Economizar parece que é a palavra de ordem de 2015 e, antes que o ano se torne chato, saiba que não é preciso abrir mão de (toda) diversão para isso.

dinheiro_beyonce

Nos ajude, ó rica Beyoncé, a entender

Antes de chorar sobre o cafézinho pós-almoço derramado, segure firme: ele realmente pode ser imprescindível para sua felicidade e não é (só) isso que está te impedindo de conseguir guardar mais dinheiro no fim do mês. Antes fosse, não é mesmo?

10 ideias para economizar sem deixar de se divertir:
.

1. evite o banco 24h

Dar aquela passadinha no banco 24h quando a carteira está dando eco é uma saída muito prática, especialmente no fim da balada quando você esqueceu do dinheiro para o táxi. Bem, isso pode estar te custando um dinheiro que você nem faz ideia. Boa parte dos bancos cobra taxas por estes saques e lá se vão alguns trocados pelo ralo. Antes gastar com drinks do que com taxas, concorda? ;)

work

2. procure medicamentos genéricos

Perca o medo dos genéricos, principalmente quando se tratar de medicamentos de uso contínuo. Troque seu anticoncepcional caríssimo de laboratório “grifado” pelo genérico correspondente. Converse com seu médico e escolha a melhor opção para você.

economia

3. tente renegociar seu plano de internet e tv

Muitas empresas lançam planos mais baratos e competitivos todo santo mês. Quem sai perdendo? Isso mesmo, você aí cliente fiel. Renegocie sempre que possível e tenha paciência para fazer “leilão” quando outra empresa tiver uma oferta melhor no mercado.

ofert

4. compre cartões presente para você mesmo

Se o café for tão importante para você quanto é para mim, essa é uma ideia e tanto. Para não perder a noção de quanto você gasta com esses luxinhos gostosos, um cartão presente abastecido com um valor mensal pode ser um ótimo jeito de não estourar o orçamento, tipo no Starbucks. ;)

starbucks

Leia mais