Angels da Victoria’s Secret dublam Taylor Swift

asas para que te quero!

O show todo já foi gravado e devidamente bombardeado pela internet a fora, m as é só semana que vem que o espetáculo das ~anjas da lingerie~ vai invadir as televisões dos lares americanos. Na próxima terça-feira, dia 10, a CBS exibe o desfile da Victoria’s Secret, que conta com o show de ninguém menos que Taylor Swift.

Para divulgar o evento televisivo e fazer um barulho, Adriana Lima, Alessandra Ambrósio, Candice Swanepoel, Lily Aldridge e outras tops do time estão dublando “I knew you were trouble”, música da Taylor. Ela mesma, aliás, dá pinta rapidinho ao longo do vídeo. Piscou, perdeu!

.

.

E aí, deu para divertir ou o vídeo de Natal do ano passado ganha na espontaneidade? rs

Kate Moss faz caridade lendo “50 Tons de Cinza”

Kate Moss: reacendendo a chama de “50 Tons de Cinza”

Quando a gente pensava que o hype tinha acabado,  vem ela, justo ela, e pá: Kate Moss resolve ler “50 Tons de Cinza” numa rádio ao vivo, com direito à interpretação picante e tudo mais.

A brincadeira rolou num programa matinal da Radio 1 de Londres nesta quinta-feira (14). Se o programa conseguisse arrecadar 200 mil libras para uma instituição de caridadethe one and only Kate Moss leria um trecho da obra picante de EL James.

E não é que eles conseguiram? Bem, quem ouvia a rádio àquela hora presenciou exatamente isso aqui:

.

– Esquentou aí também?

David Beckham corre de cueca pela rua para a H&M

David Beckham: correndo por aí

Para divulgar mais uma coleção de underwear de David Bekcham para a H&M, o melhor comercial do mundo foi feito: Guy Ritchie dirige o vídeo que mostra, basicamente, Beckham correndo pelas ruas de Beverly Hills de cueca após ficar trancado para fora de casa.

A ideia não é nadica inovadora, mas ficou uma gracinha, é claro. Não há nada de errado com esse vídeo: direção ponta firme, David correndo, David de cueca, David dando um olé nas crianças, David enganando os paparazzis e ainda toca “Don’t Stop” do Foster The People. O que mais nós queremos? <3
.

 .

No site é possível conferir a coleção completa, mas eu eu vi mais graça no vídeo! hehehe

.

A música nova (e sexy) da Yelle

Yelle: nossa francesinha favorita e seus comparsas estão de volta

Em jejum desde 2011, quando lançou o ótimo álbum “Safari Disco Club”, Yelle acaba de divulgar sua nova música, “L’Amour Parfait”. A track é praticamente uma música dance em slow motion e promete causar movimentos sexies na pista – ou ganhar remixes interessantíssimos, como sempre acontece com as músicas do trio francês.

Super Trunfo do “Magic Mike”: ou porque toda mulher hetero tem que ver esse filme

“Magic Mike” fez uma estreia silenciosa no Brasil depois de ter causado no verão americano (o filme estreou por lá no dia 29 de junho) e está disponível em poucas salas em São Paulo. Não sei como está a distribuição pelo resto do país, mas essa divisão de salas me pareceu um tanto quanto “pudica”.

Em todo caso, isso não vai ser um empecilho para você ir lá assistir o filme, né? Para quem não sabe do que se trata – e mesmo para quem sabe, já que essas imagens nunca vão ser demais -, aproveita para ver essa interessante sequência com trechos do filme. cof cof

Manual das coelhinhas da Playboy nos anos 60 mostra bizarrices da época

Uma ex-coelhinha da Playboy resolveu revelar um pouco de como era seu dia-a-dia trabalhando num bar da publicação em Detroit, no ano de 1968. Regina forneceu o manual de conduta das garçonetes para um site dedicado a falar do assunto e agora todo mundo pode ler – e imaginar – o que era a de fato a vida de uma “playboy bunny”.

a vida das coelhinhas não era tão fácil quanto parece